quarta-feira , julho 24 2024
Home / Fecomerciários em Destaque / O esporte como inclusão e integração social

O esporte como inclusão e integração social

Por Luiz Carlos Motta*

O esporte é uma grande mola propulsora para a inclusão e integração social. Todo ano, tenho a grande alegria de estar presente na tradicional Copa Estadual de Futsal da Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo (Fecomerciários), que se realiza em Praia Grande. Este ano, a disputa será neste sábado (8 de junho). O vencedor receberá o Troféu “Luiz Carlos Motta”, que entrego com muita honra. É a 15ª edição da Copa, com 21 equipes representando cada uma, uma cidade paulista. As presenças das torcidas também garantem um espetáculo à parte nas arquibancadas. Independentemente do resultado final, todos os atletas-comerciários são vencedores, pelo simples fato de estarem participando da Copa, que é organizada e realizada com muito profissionalismo.

Todo ano, na final da Copa de Futsal, a Federação homenageia um ídolo do futebol, convidado para estar presente na quadra. Este ano, será a vez do uruguaio Lugano, que jogou no São Paulo Futebol Clube. Já foram homenageados César Maluco, Paulo César Caju, Rivellino, Cafu, Serginho Chulapa e Ademir da Guia, entre outros.

Apoio

Além do futsal, diversas modalidades esportivas são apoiadas pela Federação, como basquete, natação, corrida pedestre e karatê. No caso do karatê, o destaque fica por conta do Programa de Iniciação Esportiva, desenvolvido no Centro de Lazer da Fecomerciários, em Praia Grande, sob a supervisão do professor e diretor técnico Marcelo Ramalho, profissional já consagrado como faixa preta. O treinamento é gratuito e destinado às crianças carentes de ambos os sexos, com idades entre cinco e 13 anos. É exigido que a criança esteja estudando regularmente. O Programa cresceu e recentemente foi realizado um Festival de Karatê. A iniciativa tem tirado muitas crianças da ociosidade nas ruas. Quatro caratecas se destacaram e já participaram do Campeonato Paulista de Karatê, na Estância Turística de Avaré, onde receberam duas medalhas de ouro e duas de bronze.

Lei

Como continuidade das ações de apoio ao esporte, apresentei na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 1106/23, que inclui a robótica entre os esportes de competição e de relevância educacional. O projeto está atualmente na Comissão de Educação, aguardando designação de relator. Tenho apoiado também um grande número de projetos e iniciativas, como a Lei 14.597, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada no ano passado pelo governo federal, que criou o Sistema Nacional do Esporte e unificou em um só documento a legislação do setor, como a Lei Pelé, o Estatuto do Torcedor e a Lei da Bolsa Atleta.

Gostaria de destacar também um projeto muito importante aprovado na Câmara dos Deputados, que altera as regras do Programa Bolsa-Atleta e amplia direitos e garantias a esportistas gestantes ou mães de recém-nascidos. As beneficiárias poderão continuar recebendo o benefício durante a gestação e até 6 meses após o nascimento da criança.

Já em relação aos investimentos em esportes, indiquei mais de R$ 11 milhões, sendo que cerca de R$ 8 milhões já estão garantidos. São recursos federais e estaduais para a melhoria da infraestrutura na área esportiva e de lazer, beneficiando dezenas de municípios paulistas. É nos municípios que nascem, crescem e, quando devidamente apoiados, se transformam em grandes ídolos do esporte. Por isso, o esporte merece nosso total apoio e comprometimento!

Luiz Carlos Motta é Presidente da Fecomerciários, da CNTC e Deputado Federal (PL/SP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>